Notícias

[REPRODUÇÃO] EXCLUSIVO AE NEWS: DIRETORES DA FUNCEF VOLTAM A QUESTIONAR AVAL DE FUNDOS À REESTRUTURAÇÃO DA VALE

18/08/17

Rio, 16/08/2017 - Diretores eleitos do fundo de pensão dos funcionários da Caixa (Funcef), voltaram a acionar a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal de Contas da União (TCU) questionando a adesão dos fundos de pensão estatais à www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 1 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 reestruturação societária da Vale. Além de investigações sobre alguns pontos, eles pedem que a transação seja anulada. Na segunda-feira a Vale anunciou a incorporação da Valepar, holding que reunia os acionistas controladores da mineradora até então. O grupo já havia enviado reclamações e tentado barrar na Justiça o processo de reestruturação societária, sem sucesso. O argumento é que o www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 2 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 modelo de unificação de ações não foi o mais vantajoso para os fundos de pensão estatais e que a Litel - veículo que reúne a participação de Previ, Funcef, Petros e Funcesp - descartou alternativas potencialmente melhores, como a venda direta das participações ou via leilão. Desta vez eles voltaram à carga falando também em uso de informação privilegiada. A reestruturação societária proposta pela Valepar - que era www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 3 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 formada pelos fundos, Bradespar, Mitsui e BNDESPar - se baseia na transformação da mineradora em uma companhia "sem dono". Para abrir mão do controle os sócios da Litel receberam um prêmio de 10%. A pulverização de fato ocorrerá aos poucos, embora a participação do grupo da Valepar já tenha sido diluída de 54% a 44%. Autores do documento ao qual o Broadcast teve acesso, os diretores da Funcef Max Pantoja www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 4 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 (Planejamento), Delvio Lopes de Brito (Benefícios) e Antonio Augusto de Miranda e Souza (Administração) dizem que o real intuito da reestruturação é "expelir a participação da Litel do controle da Vale". O movimento revela divergências entre os fundos de pensão e também uma disputa interna na Funcef. Os diretores eleitos se contrapõem a outros três indicados pela patrocinadora Caixa, inclusive o presidente. www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 5 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 O grupo afirma que os dirigentes das fundações que aprovaram a operação são cúmplices de um "confisco" dos participantes dos fundos, que perdem poder na Vale sem a devida remuneração. Segundo eles, acabou prevalecendo o interesse da Bradespar. O braço de participações do Bradesco, segundo a tese dos diretores, temia que, com o fim do acordo, Litel e BNDESPar fizessem um novo arranjo de poder entre si com as ações que receberiam da www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 6 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 Valepar. Juntos, Litel e BNDESPar teriam poder suficiente para controlar a Vale sem os outros sócios. "Essa renúncia à opção de venda da participação que os fundos de pensão têm na Vale por meio de seus veículos, Litel e Valepar, impediu que fosse conhecido o valor real do ágio que os interessados estavam dispostos a pagar para participar do controle da companhia, além de privar os planos de previdência nos quais www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 7 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 o ativo está locado em cada fundação de obter liquidez imediata para honrar seus compromissos presentes e futuros de pagamentos de benefícios aos participantes já aposentados", diz a petição. Procurados, Bradespar, Vale, Previ e Funcef não comentaram. Petros e Funcesp não retornaram até o fechamento desta reportagem. Informação privilegiada www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 8 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 Os diretores da Funcef falam ainda em uso de informação privilegiada por um grupo de corretoras não identificado, com uma "corrida para adquirir ações PN na véspera do anúncio da reestruturação", em 20 de fevereiro. Esses compradores teriam se valido de informações sigilosas sobre a reestruturação para comprar os papéis na baixa e se tornarem os "novos donos" da empresa. "O interesse por uma ação que www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 9 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 vai sofrer um deságio na conversão, por contrariar o senso comum, requer boas explicações. Quem as adquiriu para participar da nova estrutura de controle sem a Litel, tem consciência de que a perda de 6% do preço da PN na conversão é menor que a variação positiva de junho de 2016 a fevereiro de 2017 desse papel", dizem. Eles pedem a investigação dos negócios com as ações preferenciais nos períodos pré e pós-anúncio da unificação das classes de ações. www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 10 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 O grupo desqualifica as premissas da reestruturação societária da Vale, como a estimativa de ganhos de R$ 4,4 bilhões com a valorização dos papéis da companhia em função da adesão ao Novo Mercado. Pantoja, Brito e Souza consideram inaceitável a renúncia do poder na empresa por parte dos dirigentes dos fundos com base em uma promessa de valorização futura. Para eles, além de desprezar o www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 11 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 potencial ágio na venda, a operação sequer derrubou a barreira da liquidez das ações da Funcef e dos outros fundos na Vale. Isso porque eles só poderão se desfazer de parte delas a partir de fevereiro de 2018 e de seu total a partir de 2020. Como exemplo do prêmio que poderiam receber na venda do controle da Vale, os executivos da Funcef mencionam o ágio de 64% sobre o preço das ações pago pela Mitsui ao entrar no www.ae.com.br 16/Ago/2017 17:08 Pág. 12 / 13 © Broadcast - Proibida a reprodução sem autorização. Agência Estado - Av. Prof. Celestino Bourroul, 68 CEP 02710-000 São Paulo, SP. Central de Atendimento - (11) 3856-3500 0800-011-3000 controle da Vale, em 2003. Segundo eles, caso a venda da fatia da Litel tivesse sido realizada com o mesmo ágio da Funcef, que tem cerca de R$ 5 bilhões registrados em sua contabilidade para o ativo, haveria um ganho correspondente a pelo menos R$ 3 bilhões a mais em seu caixa. (Mariana Durão - mariana.durao@estadao.com)


LUTA BANCÁRIA

Mais revistas