Notícias

Clima de insegurança gera tensão entre os bancários

31/10/16

Cerca de sete homens fortemente armados invadiram e explodiram na madrugada desta segunda-feira (31), a agência do banco do Brasil, na Avenida Capitão Mor Gouveia, no bairro Lagoa Nova. Em 22 dias essa foi a segunda ação dos criminosos na mesma unidade bancária; ninguém foi preso.

De acordo com a polícia o bando chegou em um veículo tipo Corolla por volta das 3h. Parte da quadrilha entrou na agência para instalar as dinamites e a outra fez a vigilância colocando grampos no meio da pista para impedir a intervenção da polícia. Alguns caminhoneiros que abastecem a Ceasa testemunharam toda a ação dos bandidos que durou aproximadamente 15 minutos.

A polícia foi acionada logo após as explosões, mas os criminosos conseguiram fugir abandonando o veículo na travessa dos Potiguares, no bairro de Nova Cidade.

De janeiro deste ano até hoje, 58 unidades bancárias foram explodidas ou violadas de outras formas em todo o Rio Grande do Norte.

Locais de trabalho

O clima de insegurança nas agências bancárias reflete diretamente nos locais de trabalho. Apesar das ações terem ocorrido fora do horáiro de atendimento bancário, deixa os trabalhadores tensos. É preciso que o Banco tome providências para melhorar as condições de segurança para os trabalhadores.

 

Com informações do Portal BO e do G1RN


LUTA BANCÁRIA

Mais revistas