Notícias

Coronel Brutus aterroriza funcionários do Bradesco

12/12/16

O clima na agência do Bradesco da Prudente de Moraes tem sido de verdadeiro terror desde a chegada do gerente-geral Evandro em meados de 2016.

Com estilo “coronelista”, ele costuma usar expressões como “eu sou o chefe”, “sou o superior”, “quem manda aqui sou eu”, ele tenta intimidar a todos dizendo que os funcionários estão precisando aprender a obedecer.

Para piorar, a ameaça de demissão é uma constante, sempre aos berros e gritos, e batidas ameaçadoras na mesa, Evandro costuma estimular a competição entre os trabalhadores, os comparando e expondo os resultados na frente de todos. É importante fazer tudo na hora para evitar que ele fique descontrolado e comece, aos berros, a ameaçar os colegas.

Parece que a escola de gestão do gerente não é das mais “ortodoxas” e ele prefere ser temido a ser respeitado. Mas o Sindicato dos Bancários do RN está aqui para lembrá-lo que assédio moral é crime e que já estamos juntando provas contra ele. Caso as coisas não mudem, será feita denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho.

Caro Evandro, já faz quase 120 anos que o Brasil aboliu a escravidão, está na hora de se adaptar.


LUTA BANCÁRIA

Mais revistas