Notícias

Banco Safra deixa gestores na eterna corda bamba

29/05/17
Os trabalhadores do banco Safra trabalham sob eterna ameaça. As metas precisam ser batidas com antecedência ou então “cabeças podem rolar”. A pressão é constante e cria um clima péssimo entre os funcionários gerando aumento de estresse e adoecimento.
O Sindicato dos Bancários lembra que assédio moral é crime, e que o banco precisa adequar suas metas às possibilidades reais de seus funcionários. E destaca a importância dos trabalhadores denunciarem. Podem ligar para o Sindicato: 3213-0394. Garantimos o anonimato da sua denúncia. 
 
Assédio moral é a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. 

 


LUTA BANCÁRIA

Mais revistas