Notícias

Mais uma vitória dos trabalhadores: bancário é reintegrado no Bradesco

29/06/17

No início desta semana o bancário André Ricardo foi reintegrado ao Bradesco, agência Alecrim, após decisão judicial. André era pressionado e por muitas vezes trabalhou sozinho no caixa, para atender toda uma fila. Devido as pressões, o bancário sofreu acidente de trabalho, adquiriu LER, e começou a ser perseguido por gestores do banco. O trabalhador foi demitido do Bradesco pela primeira vez em 2012, e reintegrado no ano seguinte. Porém, as perseguições continuaram. André sofreu preconceito racial, e até mesmo recebeu chacotas por conta do corte de seu cabelo – o que foi presenciado em reunião entre gestores e a diretoria do Sindicato. A sua última demissão foi em 2014 e, na época, o Sindicato fez ato em repúdio a perseguição e demissão do trabalhador, além de denúncia ao Ministério Público do Trabalho e ação na justiça.

Muitos gestores tratam os funcionários como descartáveis, não aceitam funcionários que adoecem durante a carreira, pois temem a queda dos lucros. Essas atitudes irão piorar se a Reforma Trabalhista for aprovada, pois o Governo corrupto e vendido aos bancos e grandes empresas apenas visam o lucro acima de tudo e de todos, e não tem pena em passar o rolo compressor em cima dos trabalhadores. “Agradeço primeiramente a Deus, em seguida a diretoria do Sindicato que me deu todo a apoio e auxílio jurídico. Se não fosse o Sindicato me apoiando, eu não sei o que poderia acontecer comigo”, agradeceu André.


LUTA BANCÁRIA

Mais revistas