Notícias

Bancários protestam nesta sexta em Natal contra reestruturação do Banco do Brasil

14/01/21

Os bancários e bancárias do Rio Grande do Norte promovem nesta sexta-feira (15) um ato público em frente a agência do Banco do Brasil localizada na avenida Rio Branco, no Centro, em Natal. A manifestação ocorre às 10h e vai denunciar o projeto de reestruturação do BB anunciado pelo governo Bolsonaro.

Ao todo, mais de 5 mil trabalhadores devem perder o emprego e cerca de 500 agências serão fechadas, parte transformadas em postos de atendimento. No Rio Grande do Norte, a superintendência regional já confirmou o fechamento de três agências, em Natal, Parnamirim e Mossoró.

Durante o protesto, os bancários distribuirão uma nota à população explicando que o projeto de reestruturação não vai atingir apenas os funcionários do Banco, mas a sociedade de forma geral, uma vez que a estratégia a médio prazo do governo Bolsonaro é privatizar o Banco do Brasil. 

Os bancários convocam os trabalhadores e a população para participar da manifestação e pede que todos cumpram as medidas de segurança sanitária, evitando aglomerações, usando máscara e álcool em gel 

Confira a nota

Por que a reestruturação do Banco do Brasil afeta a sua vida

Os bancários e bancárias em todo o país foram surpreendidos já no início de 2021 com o anúncio da reestruturação do Banco do Brasil. Na maior crise sanitária do planeta nos últimos 100 anos, o governo Bolsonaro vai desempregar 5 mil trabalhadores, além de fechar 500 agências, parte transformadas em postos de atendimento, piorando o serviço oferecido aos clientes.  

Só no Rio Grande do Norte serão fechadas agências em Natal, Parnamirim e Mossoró. O que eles chamam de reestruturação, nós do Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte chamamos pelo nome correto: desmonte, ou seja, a destruição do patrimônio público brasileiro. Por trás desse ataque brutal contra os funcionários há algo ainda mais grave: a privatização do Banco, cada vez mais uma realidade e desejo já anunciado pelo ministro Paulo Guedes.

É hora de responsabilizar quem tem culpa por mais esse desastre. É preciso frear os ataques de Bolsonaro e de Paulo Guedes contra os trabalhadores e toda a sociedade. O Sindicato dos Bancários do RN está mobilizado e precisa do seu apoio para impedir mais esse retrocesso em meio a tantos outros contra o povo brasileiro.


LUTA BANCÁRIA

Mais revistas