Notícias

Sindicato conquista mais uma tutela antecipada na Justiça e garante não redução dos salários dos caixas executivos do Banco do Brasil

28/01/21
O Sindicato dos Bancários do RN conquistou na Justiça a tutela antecipada na ação a incorporação integral da média atualizada das gratificações de função recebidas por 10 (dez) anos, ou alternativamente a incorporação das gratificações da última função exercida, de todos os funcionários que exercem a função de Caixa Executivo no Banco do Brasil, que foram destituídos da função em razão da reestruturação. 
Com a reestruturação, o Banco extinguiu a função de Caixa, fazendo com que os funcionários retornem para função de Escriturário, sem receber o salário padrão da função de Caixa Executivo, tampouco a gratificação da função de Caixa. A ‘manobra’ realizada pelo Banco tem como principal objetivo reduzir o salário dos substituídos e retirar suas gratificações de função, que exercendo a função de Escriturário, continuará exercendo a função de Caixa Executivo, no entanto, com salário de Escriturário.
O juiz do trabalho, Michael Wegner Knabben, atendeu o pedido da não redução e marcou audiência virtual para o dia 25 de fevereiro quando o caso será julgado.

LUTA BANCÁRIA

Mais revistas