Notícias

Manifestação na agência de Igapó marca dia de Luta em Defesa da Caixa

27/04/21
O Sindicato dos Bancários do RN realizou na manhã desta terça-feira, 27, um Ato Público em frente a Caixa da agência Igapó, na Zona Norte de Natal. A manifestação fez parte do Dia Nacional em Defesa da Caixa que denuncia o início da privatização do Banco, com a venda de parte da Caixa Seguridade, e o descaso com os bancários que estão expostos à aglomeração diariamente. Para se ter uma ideia, durante a manifestação, a fila para conseguir entrar na agência que chegava a área rural do município.
O governo Bolsonaro planeja iniciar a venda de ações da Caixa Seguridade, já na quinta, 29. Este é o primeiro passo do governo para tentar privatizar o único banco 100% público do Brasil. Se conseguirem vender a Seguridade, depois virão as áreas de Cartões, Previdência e o principal objetivo: desmembrar e vender o Banco Digital, entregando aos banqueiros mais de 100 milhões de contas digitais abertas em um ano, e enfraquecendo totalmente a Caixa.
O diretor de imprensa do SEEB RN, Marcos Tinôco, denunciou o desdém com que os bancários adoecidos são tratados bem como a importância social da Caixa. "Os bancos só visam o lucro, com juros altos e o que vai acontecer se venderem a Caixa? Bradesco, Itaú, Santander não deixam os pobres passarem nem da porta", alertou.
Já o diretor jurídico do SEEB RN, Juvêncio Hemetério, expôs a prática de governos anteriores que também queria entregar a Caixa ao capital privado. "O Sindicato dos Bancários do RN não é conivente com nenhum governo. Lula, Dilma, Temer, todos tentaram fazer o que Bolsonaro está fazendo. Nós defendemos a Caixa Pública e Estatal controlada pelos Trabalhadores", declarou.
O Sindicato ainda lembrou do colega Pedro Batista dos Santos Neto que morreu vítima de Covid-19, e atendia na agência que foi palco da manifestação.

LUTA BANCÁRIA

Mais revistas