Notícias

Encontro da FNOB prepara a resistência dos bancários

01/12/21

> Neste final de semana, dias 4 e 5/12, em Bauru-SP, ocorrerá mais um Encontro da Frente Nacional de Oposição Bancária. A FNOB nasceu em 2010, para unificar e organizar nacionalmente a luta independente dos bancários. As grandes confederações, Contraf-CUT e Contec, há muito tempo abandonaram os trabalhadores e são cúmplices da maioria dos ataques que vimos sofrendo, e precisamos de uma entidade realmente que defenda os bancários.

 

> Milhares de demissões, perdas salariais, reestruturações sem fim, perdas de comissões e de direitos, reajustes absurdos dos planos de saúde, crise nos planos de previdência; tudo que piorou a vida dos bancários foi acertado conjuntamente entre os banqueiros, os governos e os sindicatos e confederações burocratas. Por isso, nascemos para dizer NÃO! Para resistirmos e lutarmos, organizando os bancários pela base, unificando os sindicatos combativos de Bauru, Maranhão e Rio Grande do Norte e as oposições em diferentes locais do Brasil.

 

> Até 2010, a maioria dos que hoje constroem a FNOB faziam parte do MNOB, um movimento que surgiu para ser o contraponto à Contraf-CUT, à Contec e aos fóruns antidemocráticos e governistas de ambas. Mas, neste ano, a direção do MNOB se rendeu e voltou a ser parte dos fóruns da Contraf-CUT, quando esta entidade mais aprofundou seu caráter nefasto aos bancários. De lá para cá, a burocracia sindical entregou a 7ª e 8ª horas dos bancários, nos fez acumular mais perdas, assistiu passiva às milhares de demissões nos privados e fez campanha para piorar –e muito – os planos de saúde do BB e da Caixa.

 

> A FNOB nasceu sendo resistência, mantendo a luta por um sindicalismo democrático, combativo e independente. É esta luta que daremos continuidade em mais este encontro.

 

> É possível derrotarmos os ataques do governo Bolsonaro e dos banqueiros. A sobrecarga de trabalho, o assédio crescente, a pressão por metas e a perda do poder de compra e dos nossos direitos exige que lutemos! E, para isso, a nossa categoria precisa de uma nova direção nacional, sem rabo preso com ninguém, e que organize todos os que querem lutar e resistir. Venha fortalecer esta luta da FNOB também!

 


LUTA BANCÁRIA

Mais revistas